segunda-feira, 30 de maio de 2016

O Gritos do Quero Quero atinge a marca de 200 programas!

O CONCEC - Conselho Cultural Educativo Comunitário (Rádio Acácia FM) foi fundado no dia 19 de abril de 1998. Estivemos presente na Assembleia de fundação, na então sede da AMPRA (atual sede do CONCEC),  representando na época, a entidade tradicionalista CTG Amaranto Pereira, da nossa comunidade.

Pouco tempo depois, surgiu (de fato) a Rádio Acácia FM, funcionando nos sábados e nos domingos, e a sua localização era de forma itinerante, sendo que os seus poucos equipamentos (inicialmente emprestados pela Rádio Comunitária Obirici FM de Porto Alegre), eram instalados nos ranchos (casas) de apresentadores de programas da emissora, de colaboradores, de membros da diretoria, na Escola Betinho, na Creche AMA, no CTG Chilena de Prata, na Associação de Moradores da Vila Guedes, entre outros.

Com o surgimento da Rádio, surgiram os programas e os dois programas mais antigos e que continuam em plena atuação, são o Acácia Esportes e o Gritos do Quero Quero

O programa Gritos do Quero Quero era uma proposta dos dois CTGs fundadores do CONCEC - o Amaranto Pereira e Chilena de Prata. A escolha do nome do programa foi este para sair da mesmice das emissoras Rio Grande afora, tais como Prosa de Galpão, Charla de Galpão, Hora do Mate, entre outros.


Muitas pessoas ajudaram na realização do programa tradicionalista Gritos do Quero, entre eles, dos que me lembro, que criaram o programa, pelo CTG Amaranto Pereira, o Orivan Boff (retrato: declamando) e seu Ary Fialho e pelo CTG Chilena de Prata, o Sr. Schneider.


Vilson Santos
Mas outras pessoas fizeram uso dos microfones no programa Gritos do Quero Quero, entre os quais: Volmar BernerVilson dos SantosOrlando KunzlerGetúlio da Silva, Vitor Maia, entre outros.


Orlando Kunzler
Até que um dia, eu assustado e arredio aos microfones, fui convidado para assumir os microfones, junto com o então patrão do CTG Amaranto Pereira, o Sr José Dornelles, com a seguinte expressão de um dos diretores: "não temos mais ninguém e o programa precisa ir pro ar". Em outras palavras, "não digam não...."
Estreando no rádio: Valdemar Engroff e José Dornelles
Sinceramente, tivemos tremendas dificuldades iniciais no primeiro programa, no uso dos microfones, com a gagueira se fazendo presente, bem como a tremedeira nas mãos, pernas e na voz, fatos estes que foram sumindo nos primeiros trinta minutos do programa.... a tal ponto que nos propomos a voltar no sábado seguinte.

E depois de uma pausa onde a rádio não transmitia os seus programas, em março de 2010, foi concedida a outorga, pelo Ministério das Comunicações. E a sua localização, sua sede administrativa e estúdios, é a Rua Fabrício Valandro Roxo - antiga Rua 12, nº 7. E a diretoria que estava no comando, quando da concessão da outorga era assim constituída: Adélia Maria Milani - Diretora Geral; Paulinho de Oliveira - Diretor Administrativo e Flávio Roberto Caldovino Alves - Diretor Operacional.
Registro do retorno do programa em abril de 2011, com Flávio Alves,
Ary Fialho e Valdemar Engroff

Com a concessão, a rádio voltou com as suas transmissões e com muito mais regras a cumprir, principalmente em relação à programação, que passou a ser diária (esta era uma das exigências) e aí o Seu Ary Fialho, em abril de 2011, nos convidou para ajudá-lo com o retorno do programa Gritos do Quero Quero na grade de programação da rádio. 

Voltamos com o programa aos sábados, das 8 às 10h da manhã, com a mesma proposta: a verdadeira música regional gaúcha, sempre com destaque para a música tradicionalista de Alvorada e a divulgação do tradicionalismo de Alvorada, da região e de todo o Rio Grande do Sul, com ênfase para os CTGs fundadores do CONCEC (o Amaranto Pereira e o Chilena de Prata).

Mas o seu Ary teve problemas de saúde e teve que parar no uso dos microfones. E a partir de então, o programa era produzido e realizado somente por Valdemar Engroff. E em 2012, o CONCEC realizou a sua primeira Oficina Radiofônica, onde, sob o comando do Flávio Alves e do Adriano Baumart, damos uma elaborada com roteiro no nosso programa e a partir de então, começamos a contagem, onde no dia 21 de maio alcançamos a marca dos 200 programas.


Adair Rocha
Depois da segunda Oficina Radiofônica, realizada pelo CONCEC no ano de 2013, se aprochegou para usar os microfones, o tradicionalista e declamador Adair Rocha, que, fez o seu último programa, o de nº 199, onde se afastou pois assumiu compromissos profissionais, aos sábados e estes sempre estão em primeiro lugar. Também participaram do programa após o seu retorno triunfal, o Sebastião da Costa e o Marlon Winter.

Em janeiro de 2014, o CONCEC Rádio Acácia FM 87,9 deu um passo gigantesco rumo ao futuro, colocando a sua programação na internet, em sítio próprio, e posteriormente com os recursos de aplicativos para celulares e afins. Abra as porteiras do nosso sitio digitando www.acaciafm.com.br
Nos microfones: Seu Ary Fialho e os cariuchos Tibério Thebaldi e Valmir Gomes
No nosso programa de estreia na internet, fomos escutados na Alemanha e desde então estamos garimpando ouvintes nos quatro cantos desta terra em redor do Rio Grande, que chamamos de mundo, em especial no interior do Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, outros Estados brasileiros e no exterior. Fato este que fez com que o programa tenha levado bombachudos, nascidos, criados e aquerenciados nos pagos do Rio de Janeiro: o Valmir Gomes e o Tibério Thebaldi em setembro de 2015

Atualmente o CONCEC - Rádio Acácia FM 87,9 está sendo capitaneado por Ariel Tatim - Diretor Geral; Diogo Devitte - Diretor Administrativo e Ricardo Gonça - Diretor Operacional. 


Valdemar Engroff