sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Natal Gaúcho!

O tal de Papai Noel chegou nestas plagas depois da primeira grande guerra, invenção norte americana de 1822 que foi profanisando a data do nascimento de Jesus Cristo, pela mercantilização natalina.

Essa cruel e insensata desfocalização do verdadeiro sentido no Natal pela mídia, pelo comércio, foi adormecendo ás pessoas e distanciando-as do sentido real, pois o que era para ser cultuado, o santo aniversariante, não se cultua mais, apenas um velho barbudo diabólico é venerado como figura central da data de dar presentes e ponto.

É isso ai que os marqueteiros queriam, que as pessoas passassem a dar presentes em nome de Noel, caricatura de São Claus, São Nicola ou São Nicolau, bondoso bispo nórdico europeu católico, que presenteava as crianças.

Mesmo com o apelo do moderno Natal de confraternização familiar, que é uma herança do antigo Natal, ai de quem não tiver dinheiro para dar um presente, o mundo cai na cabeça do coitado, afinal Papai Noel vai ficar de mal com esse que não pode cumpri a tradição inventada para o consumismo.

O autêntico Natal é para louvar Jesus e a Sagrada Família, agradecer a Deus por nos enviar o messias das verdades da vida eterna do nosso espírito que está aqui neste planeta experimentando a vida humana e não o humano experimentando a vida espiritual.

O Natal Gaúcho se faz sem Noel, com presépio, com reflexão, com respeito, com profundidade é momento sim de e da família, os presentes são simbologia que nunca exigiram requinte, mas passar aos queridos o que se tem condições de dar, igualmente como os Reis Magos que no dia 6 de Janeiro ofertaram a Jesus – ouro, incenso e mirra, duas plantas aromáticas, mais o metal, de sábios significados.

Do dia 25 ao dia 6, período natalino, se canta Ternos de Reis, e se adora Jesus Cristo que morreu por nós na cruz e ressurgiu, provando que a morte não existe, pois o que existe é a vida eterna do espírito, e o que ele quer de nós agora é que amemos uns aos outros, lembrando no Natal mais do que dele, das suas lições.

Para pensar: Feliz Natal de Cristo e não do Papai Noel!

ATENÇÃO > Adquira nossa AGENDA GAÚCHA 2012 / peça também o CD - DOROTÉO FAGUNDES - 25 ANOS DE GAUCHISMO – Vol. 1, a venda na CAMPESINA – Feira Permanente de Produtos Regionais Gaúchos / fone 51-3212.2731 – ou por e-mail tarca@tarca.com.br. Até a próxima edição; domingo prosearemos, das 6 às 9 horas da manhã, no Programa Galpão do Nativismo da RÁDIO GAÚCHA - AM; e no Programa Gauchesco & Brasileiro em mais 60 emissoras de rádio na Região Sul do Brasil. Apoio: PLANALTO – Transportando Cultura.

Obs.>esta matéria também está na internet nas páginas:
CONTATE conosco > fones (51) 3499.2439 / 3499.2473 - Endereço: Rua Dona Martha, 424 CEP: 92.990-000 / Eldorado do Sul / RS - BR / E-mail > tarca@tarca.com.br;

Fonte! Este chasque é a coluna Regionalismo nº 480, de Dorotéo Fagundes de Abreu, do dia 19 de dezembro de 2011.