sábado, 8 de setembro de 2012

As 15 Cavalgadas de busca de Chama Crioula de Alvorada / RS

           Bueno! Alvorada é uma das onze cidades que compõem a 1ª Região Tradicionalista do Rio Grande do Sul e a Subcoordenadoria de Alvorada é a mais recente na história da 1ª Região Tradicionalista, sendo criada em meados do ano de 2002.
          No dia 13 de setembro de 1986, o CTG Chilena de Prata, a segunda entidade tradicionalista da cidade, juntamente com o pioneiro, o CTG Campeiros do Sul, buscou pela primeira vez a Chama Crioula, na Ponte da Figueira, em Viamão. A Chama veio diretamente para o CTG Chilena de Prata, que ainda estava em construção (esteios cravados e com parte do telhado) e ficou até o dia 17 de setembro, sendo depois levada até o CTG Campeiros do Sul, sendo extinta no dia 20, data magna farroupilha. Nos anos posteriores, a Chama Crioula também era buscada em Viamão, nas Trincheiras dos Farrapos. Mas no ano de 1997, em reunião, em conjunto com os patrões e os campeiros da cidade, sob o comando de Élio Lemes, ficou decidido que em todos os anos, os tradicionalistas de Alvorada iriam homenagear algum lugar histórico do Rio Grande do Sul, trazendo a casco de cavalo para a nossa cidade a Chama Crioula para os festejos da Semana Farroupilha. E tudo começou no ano de 1998. Eis os locais onde foi buscada a Chama Crioula para os festejos farroupilhas em nossa cidade:
1998 - Fazenda Boqueirão - em São Sepé;
Piquete que participou da segunda cavalgada da busca
da Chama Crioula, em Mostardas

1999 - Em Mostardas  - local onde nasceu Menotti Garibaldi (nos festejos dos 150 anos d a morte de sua mãe (Anita Garibaldi); 
2000 - Primeira busca da Chama Crioula Internacional - no Uruguai;
2001 - Chama buscada na antiga Pedras Brancas (atual Guaíba);
No acendimento em Guaíba: ainda eram três vivos do Grupo
dos 8: Cyro Dutra Ferreira, Paixão Côrtes (ao Centro
e Orlando Degrazzia (hoje vivo, somente Paixão Côrtes)

2002 - Representamos a 1ª Região Tradicionalista pela primeria vez. Chama acesa em Santa Maria;
2003 - Buscamos a Chama em Camaquã. Foi acesa no Sítio do imortal Barbosa Lessa;
No meio da natureza. Rodeado de cachoeiras. Este é o Sítio
do Barbosa Lessa, em Camaquã

2004 - Fomos até Piratini - a primeira capital da república riograndense;
Piquete de Alvorada com o pé no estrivo. Da Capital Farroupilha -
Piratini, rumo à Capital da Soldariedade - Alvorada (no casco)

2005 - Retornamos à velha Setembrina dos Farrapos - Viamão, o nosso município mãe;
2006 - Mais uma vez representamos a 1ª Região Tradicionalista. A Chama foi acesa em São Gabriel, em homenagem aos 250 anos da morte de Sepé Tiarajú;
Cavaleiros que trouxeram a Chama de São Nicolau foram
homenageados em sessão solene da Câmara de Vereadores

2007 - Outra vez representamos, junto com Guaíba, a 1ª Região Tradicionalista. A Chama foi acesa na 1ª Querência do Rio Grande: São Nicolau;
2008 - A Chama foi buscada em São Leopoldo, que a acendeu homenageando s 184 anos da colonização alemã;
2009 - Fazenda do Sobrado foi o local do acendimento, em São Lourenço do Sul;
2010 - Duas Chamas que se fundiram: quatro cavaleiros locais participaram do piquete da 1ª Região Tradicionalista, que foram buscar a chama que foi acesa em Itaqui. Outro piquete local foi até a Ilha de Fanfa, município de Triunfo (terra natal do General Bento Gonçalves da Silva), no local onde aconteceu o sangrento combate de Fanfa.Na divisa de Guaíba com Eldorado, as duas chamas se fundiram resultando na Chama que ardeu nos festejos farroupilhas em nossa cidade naquele ano;
Em 2011: momento da entrada do piquete na Avenida, com a Chama Crioula
Trazida de Taquara. Neste momento começaram os festejos....

2011 - A Chama Crioula foi acesa em Taquara, em homenagem aos 60 anos da criação e aprovação da Carta de Princípios;
2012 - Coube à Capital Nacional do Chimarrão acender a Chama Croula de 2012 para os festejos farroupilhas do Rio Grande do Sul, do Sul do Brasil e dos países platinos. Isso aconteceu no dia 17 de agosto. Este é a 15º Cavalgada de busca de Chama Crioula feita por tradicionalistas de Alvorada - a Capital da Solidariedade.
Fonte! Chasque e retratos são de Valdemar Engroff - o gaúcho taura.
No programa Gritos do Quero Quero do dia 08 de setembro, no MOMENTO DA CULTURA REGIONAL, foi abordado este chasque.